cordeiro de freitas (Antônio José Cordeiro de Freitas)

Mensagens/Livros/Pensamentos/Poemas/Documentários/Homenagens/Vídeos


Deixe um comentário

POEMA

Nos anos 70 conheci uma pessoa conhecida por GREGO, tive a felicidade de conversar várias vezes com ele e tomamos algumas cervejas, e em um momento desses, escrevemos ali na mesa do bar o BRUCUTU que ficava na Tenente Virmondes entre Floriano Peixoto e Afonso Pena o poema abaixo, bons momentos, foi bom guardar esta lembrança!