cordeiro de freitas (Antônio José Cordeiro de Freitas)

Mensagens/Livros/Pensamentos/Poemas/Documentários/Homenagens/Vídeos


Deixe um comentário

VIVER

Algum peixe
Deixa seu ambiente
Para viver
Na terra?

 

Nada pode deixar
Que tudo seja
Sempre levado
A qualquer vontade.

 

Viver é sentir-se vida
É encontrar o sol na manhã
É admirar o entardecer
E o brilho da lua e das estrelas.

 

É procurar evoluir
No trabalho e na sabedoria
Sem precisar jamais
Ter que pagar por isto.

 

É saber olhar ao próximo
Seja ele quem for
E reconhecer que ele
Possui os mesmos direitos.

 

É não abusar do alimento
E negá-lo a quem precisa
É não caminhar com pernas sadias
E desviar os olhos de um deficiente.

 

É não envergonhar-se
De estar perto de alguém
É não subjugar
Aqueles que possuem menos.

 

Não pense homem
Que é uma montanha
Tão alta que jamais
Possa ser alcançado.

 

E toda realidade
Nos braços de quem pode
E todo sofrimento
Nos braços de quem merece.

 

Luzes, festas, sonhos
Riqueza poder dinheiro
E é preciso um novo dia
Para tudo recomeçar.

 

Um dia sonharás
Num sono profundo
E jamais conseguirás
Acordar para realizar.

 

Autor – Antônio José Cordeiro de Freitas
Década de 70
https://cordeirodefreitas.wordpress.com

Anúncios