cordeiro de freitas (Antônio José Cordeiro de Freitas)

Mensagens/Livros/Pensamentos/Poemas/Documentários/Homenagens/Vídeos

– UBERLÂNDIA CLUBE. Lembrança de um lugar inesquecível!

O vídeo acima foi feito apenas com imagem e trilha sonora (REFIZ A TRILHA SONORA E POSTEI NOVO VÍDEO, AGUARDANDO RESULTADO FINAL DO YOUTUBE) do tempo que lá frequentei, a idéia é que quem freqüentou este encantador lugar no final da década de 60, na década de 70 e 80, possa assistir e relembrar com seus pensamentos os momentos vividos, é um trabalho simples mas que me faz muito feliz, os momentos que ali passei foram maravilhosos, apenas não filmei o andar superior por estar interditado por obras, onde o espaço é maior e aconteciam os bailes de carnaval, teatros, enfim desfiles de moda etc. mas fica o registro da escadaria próxima ao bar e do banheiro masculino.

Fica uma simples homenagem ao inesquecível Merola o homem duro de ser dobrado quando aventuravamos entrar no clube sem pagar ingresso ou em festas que não tinhanos sido convidados, tenho certeza que ele deixava a gente entrar e sempre achamos que éramos bons de lábia, fica aqui meu respeito e admiração por quem sempre me tratou com muito carinho e educação, o Uberlândia clube nas minhas lembranças não sobrevive sem o grande Merola, consegui fotos dele com seu sobrinho ( Merola Gomes ), e coloquei a foto como metade da portaria do clube, representando o local que sempre mantinha contato com ele.

O clube maravilhoso da Santos Dumont entre Floriano Peixoto e Afonso Pena, foi o palco de momentos inesquecíveis, bailes de carnavais, Soares Dançantes, bailes, aniversários, casamentos, enfim onde aconteciam festas que sempre foram perfeitas.

Senti vontade de visitar o local e filmar para postar nesta página que falo de um lugar inesquecível, aquele prédio teve dois lugares que marcaram, um foi a agência da Varig que pertenceu ao Sr. Moacir Prado, pai de Moab e Madalena, amigas do bairro lídice, e o famosissimo salão de beleza Reilla Coifure do grande Rolando Rodrigues e sua esposa Sônia, que foram meus vizinhos ali na Duque de Caxias.

A portaria onde sempre estava o Sr. Merola, quando não tinhamos ingresso ou convite, tentávamos dobrá-lo para entrarmos, mas ele era duro na queda, e conversávamos muito, algumas vezes conseguimos entrar, e não duvido que ele tenha deixado, mas só tenho respeito e boas lembranças por ele.

Na filmagem o tapete vermelho que sempre esteve ali na rampa, estava coberto por um escuro como proteção, aquela rampa com o grande espelho a direita de quem entra era uma passarela, e subiamos como se estivéssemos entrando em um palácio em busca de emoções, e sempre as encontramos ali.

Logo no topo da rampa fica o banheiro feminino, local que quando estávamos ali por perto não desviavamos os olhares, acreditando ver entrar ou sair uma menina dos sonhos, a boite ainda está maravilhosa ali, silenciosa a espera de casais para divertirem, os corredores contornando os salões onde perambulávamos em busca de bebidas, ou conversando com amigos, e um local mais adequado para os casais apaixonados.

O bar com as poltronas fixas era um local muito procurado, para nós ideal, ao lado do banheiro maculino, e ali em frente a escadaria que nos levava ao andar superior enorme, onde eram realizados os bailes de carnavais, peças teatrais, espetáculos enfim um local muito bonito que se encontra em reforma.

E o salão onde mais estive em todas as situações, mas o que mais marcou com certeza foran as soares, que maravilha, ali era como se o espetáculo da vida fosse tomado de uma energia infinita e que enquanto viviamos aqueles momentos parecia que jamais acabaria.

Um grande momento vivido ali foi a festa dos 15 anos de minha prima Carmela, uma festa maravilhosa, inesquecível.

Anúncios

6 pensamentos sobre “– UBERLÂNDIA CLUBE. Lembrança de um lugar inesquecível!

  1. Muito bonito!
    Obrigada por todo o carinho que demostraste por meu querido avô.

  2. Uberlandia clube, adotei!
    Parabéns Freitas !
    por manter vivo em nossas recordações esse lugar de sonhos.
    Abraços

  3. nao posso ver porque moro na frança qual e a de voces

    • Boa noite Tamar merola!

      Dsculpe pois o vídeo contém em sua trilha sonora músicas que bloqueiam o vídeo em alguns países.

      Fiz este vídeo caminhando na chegada ao Uberlândia Clube e dentro dele, apenas não filmei o andar superior, e coloquei uma trilha sonora tentando retratar as músicas da época, final da década de 60, a década de 70, enfim um tempo maravilhoso que curti este clube e logo quando estava entrando no clube postei a foto do Sr. Merola e a deixei lá por alguns segundos, pois para mim o Uberlândia Clube não existe sem a maravilhosa lembrança do grande Merola.

  4. Valiosa recordação e somente um cara como você poderia nos trazer estas lembranças. ….mas tem mais solta aí!

    • Obrigado amigo! Você faz parte desta história maravilhosa de nossa querida Uberlândia, e o Uberlândia Clube sempre será um palácio encantado nas minhas lembranças, fiquei muito feliz por poder fazer este simples trabalho, mas para mim não é a qualidade da imagem mas o sentimento, para quem viveu este lugar poder ouvir as músicas e se lembrar de cada canto dali, que bom que gostou, felicidades sempre com boas lembranças!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s