cordeiro de freitas (Antônio José Cordeiro de Freitas)

Mensagens/Livros/Pensamentos/Poemas/Documentários/Homenagens/Vídeos


Deixe um comentário

VOCÊ

Anúncios


Deixe um comentário

VOCÊ

Uma razão de ser
no sentido real de existência,
concebendo ao presente
tempestade de amor.

 

Clareza e beleza expostas
no amago do interior
da existência do tempo
na certeza do espírito.

 

Ondas compactas e leves,
ternas, sensíveis e lépidas,
flutuando como flocos de nuvens
no meu incomensurável amor.

 

Incontinente, incomum e suave,
pureza soberba infinita,
sonho de luz e maravilha
capacidade de vida eterna.

 

Chama de amor incandescente
iluminando o indefinido espirito
revigorando meus sentidos
aniquilando minha solidão.

 

Envolvente existindo em mim
como rosa na roseira,
vida de outra vida,
beleza de maravilha, um sonho!

 

Como sangue em meu coração
dando vida e prazer
de sentir a felicidade
na alegria de poder vive-la.

 

Você envolvente e incandescente,
terna sensível e bela,
essência da minha vida,
maior certeza do meu espírito,
todo amor da minha existência.

 

Autor – Antônio José Cordeiro de Freitas
30/12/1978